Arquivos da categoria: Gatas

Gatas que fazem parte do dia-dia do mundo do surf

Conheça a havaiana Anastasia Ashley

Anastasia Ashley nasceu no dia 10/02/1987 em Los Angeles, Califórnia. Quando se mudou para o Hawaii, aos 5 anos de idade, ela logo iniciou a vida que muitas pessoas sonham em viver, a de viver do surf e para o surf. Ashley logo mostrou que o surf não depende de gênero para se destacar – não que sua beleza natural não a ajude – e começou a ganhar espaço em diversos meios de comunicação especializados ou não em surf, porém, ela nem disputa mais a liga mundial de surf.

A moça ficou mais famosa ainda por uma dança que fez antes de entrar no mar. Assista esse vídeo e algumas imagens da moça que coleciona mais de 1 milhão de seguidores nas redes sociais:

Dream team

A post shared by Anastasia Ashley (@anastasiaashley) on

💦💦💦 natural habitat

A post shared by Anastasia Ashley (@anastasiaashley) on

Fotos: Reprodução/Instagram/Facebook.

Veja quem são as 15 surfistas mais gatas do planeta e saiba onde segui-las

Além do surf chamar a atenção pelo deslizar sobre as ondas, poucas modalidades possuem atletas que são naturalmente tão lindas. Separamos 15 beldades que além de mandarem muito bem nas ondas, deixam qualquer marmanjo babando. Quem quiser seguir as gatas no Instagram é só ir no endereço em baixo das fotos, e os cariocas podem se preparar: no próximo mês boa parte delas vem ao Rio para a etapa brasileira do WSL feminino.

Alana Blanchard – 24 anos, Havaí

Alana Blanchard
Alana Blanchard Foto: Reprodução / Instagram
Alana Blanchard
Alana Blanchard Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/alanarblanchard

Alessa Quizon – 20 anos, Havaí

Alessa
Alessa Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/alessaquizon

Maya Gabeira – 27 anos, Rio de Janeiro

Maya Gabeira
Maya Gabeira Foto: Reprodução / Instagram
Maya Gabeira em Itacoatiara, Niterói
Maya Gabeira em Itacoatiara, Niterói Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/mgabeira

Anastasia Ashley – 27 anos, Havaí

Anastasia Ashley
Anastasia Ashley Foto: Reprodução / Instagram
Anastasia Ashley
Anastasia Ashley Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/anastasiaashley

Bruna Schmitz – 24 anos, Paraná

A brasileira Bruna Schmitz
A brasileira Bruna Schmitz Foto: Reprodução / Instagram
Bruna Schmitz
Bruna Schmitz Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/brunasschmitz

Ellie-Jean Coffey- 19 anos, Austrália

Ellie Jean Coffey
Ellie Jean Coffey Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/elliejeancoffey

Erica Hosseini – 26 anos, Estados Unidos

Erica Hossini
Erica Hossini Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/ericahosseini

Felicity Palmateer – 21 anos, Austrália

Felicity Palmateer
Felicity Palmateer Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/flickpalmateer

Laura Enever – 22 anos, Autrália

Laura Enever
Laura Enever Foto: Reprodução / Instagram
Laura Enever e Sage Erickson
Laura Enever e Sage Erickson Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/lauraenever

Sage Erickson – 23 anos, Estados Unidos

Sage Erickson
Sage Erickson Foto: Reprodução / Instagram
Sage Erickson
Sage Erickson Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/sageerickson

Nikki Vandijk – 23 anos, Austrália

Nikki Vandijk
Nikki Vandijk Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/nikkivandijk

Quincy Davis – 18 anos, Estados Unidos

Quincy Davis
Quincy Davis Foto: Reprodução / Instagram
Bruna Schmitz, Quincy Davis e Laura Enever
Bruna Schmitz, Quincy Davis e Laura Enever Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/quincydavis

Sally Fitzgibbons – 23 anos, Austrália

http://instagram.com/sally_fitz

Stephanie Gilmore – 26 anos, Austrália

Stephanie Gilmore e Gabriel Medina depois de vencerem a primeira etapa do WCT 2014, na Austrália
Stephanie Gilmore e Gabriel Medina depois de vencerem a primeira etapa do WCT 2014, na Austrália Foto: Reprodução / Instagram
Stephanie Gilmore
Stephanie Gilmore Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/stephaniegilmore

Tyler Wright – 23 anos, Austrália

Tyler Wright
Tyler Wright Foto: Reprodução / Instagram
Tyler Wright
Tyler Wright Foto: Reprodução / Instagram

http://instagram.com/tylerwright

Bethany Hamilton surfa com um só braço

A surfista que tem uma história linda de superação. Bethany aos oito anos já sabia o que queria. Ser surfista era sonho, participava de vários campeonatos infantis e era realmente muito boa.

Infelizmente aos 13 anos sofreu um marco em sua vida. Um tubarão arrancou o braço de Bethany, mas felizmente ela conseguiu sobreviver ao ataque. Não conformada ela continuou indo na praia ver os amigos surfistas e tentando surfar do mesmo jeito.

bethany-hamilton-acm-300x300

Bethany Hamilton

Ela não conseguiu subir na prancha de primeira, mas a vontade foi maior que qualquer limitação. Bethany depois de algumas tentativas conseguiu surfar novamente, recuperou o equilíbrio e hoje em dia é um grande exemplo para todos os surfistas.

Hoje em dia Bethany participa de vários campeonatos de surfe pelo mundo, é palestrante e tem uma ONG que oferece suporte a pessoas que foram atacas por tubarão e amputados. O que era para ser um motivo de tristeza acabou se tornando um impulso para o bem. Hoje toda essa historia faz com que Bethany saiba o quanto é uma mulher forte, capaz de ser bem sucedida profissionalmente e nos seus sonhos.

Conheça o SUP

SUP é o nosso stand-up paddle, que agora está sendo muito divulgado no Brasil. Não é um esporte novo, nasceu no Havaí da metade do século XX, esse surf tem conquistado o mundo inteiro.

O sup consiste em ficar em pé ou sentado na prancha e sempre remando para se movimentar. E necessário um bom preparo físico para quem prática o esporte. Os braços vão ficando fortes e definidos com o passar do tempo.

Quem não tem a prancha de sup não precisa se preocupar. É uma prancha muito grande, mas facilmente encontrada para aluguel, se aluga na praia mesmo. Geralmente alugam para trinta minutos, uma hora ou duas horas. E o preço varia por local.

from the JP team on the  board in Maui, Hawaii (USA). Photo: thorstenindra.com

Maui, Hawaii (USA). Foto: thorstenindra.com

É recomendado começar alugando a prancha de sup ou usar emprestada de um amigo, se você gostar do esporte então já pode adquirir a sua. Lembre-se que nas primeiras tentativas nunca se deve ir sozinho. É sempre recomendado que alguém vá com você para te auxiliar em qualquer tipo de ajuda caso seja necessário.

Manter o equilíbrio em cima da prancha de sup requer tempo e técnica, tudo no começo parece mais difícil. Porém, a habilidade vai surgindo com o passar dos dias. Quanto mais trabalho, mais rápido se chega a quase perfeição. Quanto mais surf, melhor diversão.

A moda do surf (Surfwear)

Todo dia saímos para o trabalho com aqueles uniformes chatos e desconfortáveis. A obrigação de usar um uniforme padrão se torna entediante ao longo do tempo. Porém, a Surfwear é o oposto dessa tradição.

Obviamente as roupas de surf surgiram primeiramente com intuito de atender as necessidades de vestimenta para o surfista. Roupas para águas frias,roupas que não danificam a prancha,flexíveis para não rasgar e etc. Com esse vestuário de surfista, eles teriam um tipo de uniforme e uma roupa eficiente.

Surgiram as bermudas para surf,as wetsuits. No começo os próprios fabricantes eram os surfistas, roupas geralmente fabricadas de maneira artesanal. Hoje em dia o mercado de surfwear é infinito, com diversos modelos, cores e marcas.

meninas da moda surf

Fonte: Facebook fotos surf

Agora não só surfistas usam essa moda do surf, muitos jovens e adultos também usam. Esse estilo despojado e arrumado atrai a atenção do público. Hoje se formos ao mercado alguém estará usando alguma blusa ou bermuda de uma marca de surf.

Existem as marcas de surf mais conhecidas como a Rip Curl, Billbong,Mormaii,Quiksilver,Lost e outras. E também tem marca para meninas, a Roxy está sempre atuando no cenário feminino.

Bermudas, blusas, calças, bonés e moletons. Todos voltando com tema surf praia. Aquela roupa que foge do cotidiano chato. Roupa que trás leveza e lembra o contato com o mar e com a natureza.

Se você também é um surfwear, gosta de usar roupas de surf na praia ou na rua, aguarde as próximas tendências. Andar confortável e na moda é a melhor opção.

Entenda como funciona o WCT feminino (WSL)

Para quem não sabe o WCT é o campeonato mundial de surf. Só que agora em 2015 a sigla mudará para WSL que é World Surf League. Geralmente, olhamos mais para o WSL masculino,porém o WSL feminino tem crescido muito atualmente. A diferença para o masculino é que no feminino a quantidade de atletas é um pouco menor. São 18 atletas sendo que 16 participam e 2 são convidadas (os organizadores definem as convidadas). Agora com essas novas mudanças a do feminino aumentou de 250 mil dólares para 265 mil dólares.

O circuito classificatório para elite será chamado de WSL Qualitifying Series. Não ocorreram muitas mudanças, mas aqui você entenderá um pouco mais de como funciona o WSL.

No 1 round entram 18 meninas em 6 baterias de 3 atletas. Apenas a vencedora dessas baterias que passa logo para o terceiro round. As que ficaram abaixo do sexto lugar vão para uma “repescagem” que são 12 meninas e classificando apenas 6 destas. Essas 6 se juntam com  as outras 6,restando apenas 12 meninas no campeonato.

No terceiro round, são 4 baterias de 3 atletas. Só a primeira colocada se classificará para as quartas de final. Segundo e terceiro lugar vão para uma nova repescagem no round 4, para disputar quem irá competir com as 4 classificadas no terceiro rounds. Vencedoras irão para as quartas de final.

São 8 meninas nas quartas de final com 4 baterias e 4 mulheres se classificam. Depois ocorrerá a semifinal com 2 baterias de 2 atletas . E as duas classificadas irão para final lutar pelo titulo de campeã mundial. E finalmente será escolhida a campeã mundial de surf.

 

 

Miss Reef Chile 2015

Um dos concursos mais atraentes do mundo do surf foi realizado no Chile no inicio do mês, o Miss Reef Chile. Confira o vídeo com as belas modelos concorrendo ao título: